Notícias

Emendas parlamentares vão garantir ampliação de serviços socioassistenciais no município

Serviços socioassistenciais do município deverão ser ampliados com a destinação de recursos feita por meio de emendas parlamentares pela deputada federal Conceição Sampaio (PP), no fim do ano passado, e que já foram aprovadas no orçamento 2018.

 

Uma das emendas, no valor de R$ 2.063.969,00, será empregada na construção de um Centro de Convivência da Família e do Idoso na zona Leste. A Prefeitura de Manaus já está avaliando possíveis locais onde a unidade deverá ser construída, atendendo uma reivindicação antiga dos moradores dessa zona da cidade.

 

“O Centro de Convivência da Família e idoso da zona Leste será uma unidade da rede de Proteção Social Básica, destinada ao desenvolvimento e à oferta do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, visando promover o fortalecimento de vínculos sociais e familiares entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, por meio de atividades de convivência, esportivas, culturais e de integração familiar”, afirmou o secretário municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos, Elias Emanuel. De acordo com a proposta, o prazo de conclusão da obra é dezembro de 2019.

 

Outra emenda é referente a um convênio no valor de R$ 600 mil para estruturação do Centro de Referência dos Direitos da Mulher (CRDM) com vistas ao acolhimento e atendimento psicossocial, jurídico, com triagem, acompanhamento e monitoramento às mulheres em situação de violência de gênero, tipificadas em todas as suas formas, investindo na formação educacional e no incentivo à produção científica na área de políticas públicas e direitos humanos das e para as mulheres.

 

O documento refere-se à compra de duas vans, um carro popular e equipamentos eletrônicos (computadores, projetor, impressoras, televisores, entre outros).

 

Uma terceira emenda parlamentar está em análise e refere-se à construção de um novo centro de acolhimento para criança e adolescente. Atualmente, Manaus conta com um Saica (Serviço de Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes) municipal e outras nove instituições da sociedade civil, totalizando dez espaços que atendem esse público.

 

Texto: Leonardo Fierro / Semmasdh

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh): 3215-4616

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse