Notícias

Comissão Técnica avaliará artistas que se apresentarão no Boi Manaus 2017

A partir deste ano, uma comissão técnica avaliará a participação dos artistas que se apresentarão no Boi Manaus, evento que, tradicionalmente, celebra o aniversário da cidade. Dos 27 artistas, os 24 melhores avaliados ganharão o direito de se apresentarem na próxima edição da festa. Os três últimos colocados abrirão vaga para novos nomes do boi-bumbá. Os bois de Manaus não serão avaliados.

 

Neste primeiro ano de avaliação, cinco nomes integram a comissão técnica: Cid Soares, Ney Amazonas, Sinny Lopes, Nonato Torres e Francis Madson, todos com notório conhecimento da cultura popular do Amazonas. Dos cinco, três nomes surgiram a partir de indicação dos representantes da Associação dos Artistas do Boi Bumbá e dois indicados pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). O quantitativo e formato foram definidos em comum acordo entre as partes durante primeira reunião realizada sobre o Boi Manaus 2017.

 

O diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, explica que a partir deste processo será possível garantir uma maior rotatividade de artistas durante o evento que acontece anualmente, colaborando para o surgimento de novos nomes e entregando ao público o que há de melhor dentro do segmento do boi-bumbá.

 

“Os artistas serão avaliados pelo repertório, pelo desenvolvimento nos trios e sua qualidade musical. Os melhores avaliados já garantirão uma vaga para a próxima edição do Boi Manaus. Acreditamos que esta é uma forma de valorizarmos nossa cultura popular e permitirmos que novos artistas tenham a oportunidade de mostrar seus trabalhos nesta que é uma das festas mais tradicionais da nossa cidade”, comenta Monteiro de Paula.

 

As avaliações serão feitas durante as apresentações dos artistas nos dois dias do Boi Manaus, que neste ano acontecerá no Complexo Turístico da Praia da Ponta Negra, zona Oeste, nos dias 23 e 24/10. Serão levados em consideração os critérios: apresentação (que terá peso 2) e portfólio (peso 1).

 

Critérios
Na tarde deste sábado, 21, os cinco membros da comissão se reuniram com a diretoria da Manauscult para definirem os últimos ajustes para avaliação. A comissão definiu que os bumbás de Manaus não terão acesso ou descesso por serem representativos da história do folclore de Manaus; os grupos Kuarup e Kamayurá entrarão no julgamento, porém, com critérios diferenciados; e as notas serão individuais, sendo que cada artista receberá a média aritmética das notas de cada item.

 

“Eu acredito que esta forma de avaliação vai exigir de cada artista, que ele ofereça o melhor para o público. Acho que alguns se acomodaram, ao longo do tempo, e acho que isso vai aumentar a preocupação de cada um para se manter dentro do contexto”, explica Ney Roberto, um dos membros da comissão.

 

Já Sinny Lopes destacou a rotatividade e a qualidade que os artistas deverão apresentar em seus shows e que deverão ser avaliadas. “Essa proposta gera uma rotatividade produtiva. Isso busca um aprimoramento e uma nova etapa, nova era pro Boi Manaus. O principal fator dessa proposta da Comissão julgar os artistas é para que as próximas edições do Boi Manaus tenham a qualidade que o público merece. Dando oportunidade a quem está produzindo, para quem estar entrando e quem ganha é o público”, opina.

 

Avaliação
Os cantores serão avaliados quanto ao repertório, desenvolvimento (figurino, coreografia, interação com o público) e qualidade musical. Quanto ao portfólio será levado em consideração a discografia, agenda de apresentações comprovadas em Manaus e fora da cidade, composição e produção autoral.

 

Já os grupos Kamayurá e Kuarup serão avaliados quanto ao repertório, coreografia, conjunto (adereços, destaques, efeitos, figurino) e qualidade musical (banda, cantor e arranjos).

 

Tradição
Celebrando os 348 anos da cidade de Manaus, o Complexo Turístico da Praia da Ponta Negra, receberá dois dias do Boi Manaus 2017, evento que há 20 anos comemora o aniversário da capital amazonense. Nos dias 23 e 24, mais de 30 atrações do boi-bumbá se apresentarão em trios elétricos e no palco do anfiteatro, em 18h de festa.

 

Promovida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Manauscult, a festa inicia às 17h30, da segunda-feira, 23 (véspera de feriado). Os grupos Kamayura e Kuarup abrem a programação no anfiteatro, cada um com 30 minutos de apresentação. Já nos trios, passarão na primeira noite Helen Veras, Carlos Batata, Cezar Pinheiro, Klinger Araújo, P.A. Chaves, Fábio Casagrande, Prince do Boi, Carlinhos do Boi, Arlindo Jr., Sebastião Jr., Robson Jr. E Fabiano Neves. De volta ao anfiteatro, a partir de 1h30, se apresentarão os bois de Manaus Corre Campo, Garanhão e Brilhante.

 

No segundo dia do evento, 24, a festa inicia mais cedo, às 15h30, com shows de Mara Lima, Márcia Siqueira, Ricardo Lyra, Renato Freitas, Edilson Santana, Carrapicho, Isareal Paulain, Junior Paulain, David Assayag e a Marujada do Boi Caprichoso, Tony Medeiros e Grupo A Toada, Canto da Mata e Leonardo Castelo encerrando o Boi Manaus 2017 com a Batucada do Boi Garantido.

 

Transporte
A Prefeitura de Manaus, por meio da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), determinou o reforço de linhas de ônibus com mais de 70 veículos para atender a população que irá prestigiar o Boi Manaus nos dias 23 e 24, no Complexo Turístico da Ponta Negra, em comemoração ao Aniversário da Cidade de Manaus. “Nós estaremos operando nos dias de evento, com, aproximadamente, 40 fiscais, sendo 20 em cada dia, os fiscais estarão nos locais. O horário dos ônibus será estendido das 17h30 às 4h30, para que a população venha com tranquilidade à Ponta Negra, pois teremos transporte público suficiente”, destaca o Superintendente da SMTU, Ronaldo Brito.

 

Nas seis linhas que atendem o Complexo Turístico da Ponta Negra, as frotas serão de dias úteis entre 17h e 4h30, com a linha 120 operando com sete ônibus, 126 com 12 veículos, 450 (15), 542 (10), 641 (5) e 678 (9). As frotas ainda terão reforço de mais 15 ônibus de apoio incluindo veículos articulados para atender o público que irá prestigiar o Boi Manaus.

 

A partir das 17h, os ônibus irão trafegar até a rotatória da avenida do Turismo de onde os veículos irão retornar aos seus bairros de origem.

 

Durante a operação na Ponta Negra, fiscais da SMTU estarão acompanhando o cumprimento da frotas assim como os respectivos itinerários.

 

Trânsito
Para garantir o acesso seguro de condutores e pedestres o trânsito será alterado nos dias 23 e 24, segunda e terça-feira, respectivamente, na avenida Coronel Teixeira, zona Oeste.

 

Cinquenta agentes de trânsito do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) vão monitorar a área da Ponta Negra e vias de acesso. De acordo com o Diretor de Operações e Fiscalização do Manaustrans, Stanley Ventilari, o plano de ação para o evento será o mesmo utilizado no Faixa Liberada às quartas-feiras e aos domingos.

 

“Se houver necessidade da interdição total do perímetro, devido a quantidade de pessoas, a partir das 17h nós iremos fazer um fechamento total, próximo à avenida do Turismo”, informa.

 

Nos dois dias de festa, serão realizadas as seguintes ações:

A partir das 6h30 da manhã:

– Interdição da avenida Coronel Teixeira, sentido Ponta Negra/Centro, a partir da rotatória do Tropical Hotel até a avenida do Turismo;

– Os veículos no sentido Ponta Negra/Centro ingressarão na rotatória do Chafariz (Tropical Hotel), acessando à direita no contrafluxo;

– O fluxo de veículos no sentido Centro/Ponta Negra será desviado para a avenida Alaska;

A partir das 12h:

– Proibição de estacionamento nos dois lados da aveinda do Turismo, no trecho entre a avenida Coronel Teixeira e a ponte;

A partir das 17h/Circulação:

– A alameda Alaska terá sentido único de circulação – Centro/Ponta Negra, retornando na alameda Líbia até a avenida Coronel Teixeira;

– Acesso à Ponta Negra poderá ser interrompido, conforme a necessidade, diante do fluxo no local. Caso ocorra a interdição, os veículos que trafegam na avenida Coronel Teixeira – sentido Centro/Ponta Negra, serão desviados à direita na rotatória, em direção à avenida do Turismo. Somente terão acesso os moradores e hóspedes do Tropical Hotel.

 

Estacionamento
A oferta de estacionamento para veículos será feita no prolongamento da avenida do Turismo, nos seguintes trechos: sentido bairro-Centro, após a ponte; e Centro-bairro, antes da ponte.

 

Além disso, será ofertado estacionamento na alameda Thales Loureiro (Condomínio Alphaville), para aproximadamente 980 veículos. Não haverá permissão para estacionamento na avenida Coronel Teixeira e na alameda Alaska.

 

O estacionamento de veículos também estará proibido nos trechos da avenida Coronel Teixeira – nos dois sentidos, entre a avenida do Turismo e a avenida Líbia; avenida Coronel Teixeira, em frente e oposto às barracas de coco para estacionamento dos coletivos; alameda Alaska – toda a extensão do lado direito; e alameda Líbia – lado direito e esquerdo – trecho entre a alameda Alaska e avenida Coronel Teixeira.

 

Segurança
Quem for ao Boi Manaus 2017 também deverá ficar atento às normas de segurança que serão adotadas durante os dois dias do evento. A permanência de crianças, assim como a proibição da entrada de objetos no perímetro da festa, seguirão a regulamentação da Portaria Conjunta nº 011/2014.

 

Pela portaria, é proibido acessar o local portando armas de fogo, armas de arremesso, armas brancas, guarda-chuvas com haste metálica, tubos de bandeiras em material contundente, substâncias explosivas, tubos em aerossol, garrafas, copos ou qualquer outro material de vidro, seringas ou qualquer outro tipo de material que venha a ameaçar a segurança do público presente.

 

Além disso, crianças menores de 12 anos só serão permitidas no evento acompanhadas dos pais ou responsáveis maiores de 18 anos.

 

Texto: Assessoria / Manauscult

Fotos: Jhonata Marques / Manauscult

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsm7xEy7i

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse