Notícias

Capacitação para o projeto “Profuturo Aula Digital” alcança mais de 700 professores e gestores

Um total de 727 professores e gestores escolares participaram de 32 oficinas de formação para o “Projeto Profuturo Aula Digital”, lançado por meio da parceria entre a Fundação Telefônica e a Secretaria Municipal de Educação (Semed), em abril. Os números são das 141 escolas envolvidas no projeto, com uma média de quatro representantes atendidos por unidades educacionais.

 

Os resultados foram apresentados pelo gerente de educação da Fundação Telefônica, Rubem Saldanha, à secretária da Semed, Kátia Schweickardt, na manhã desta quinta-feira 22/6, na sede da própria secretaria. Segundo o gerente, todas as atividades estão dentro do cronograma estabelecido e o numero de profissionais participantes está próximo da meta proposta.

 

“A formação está caminhando para atingir seus objetivos, tanto no número de pessoas formadas, quanto na meta pós-formação, com um plano de ação a ser executado. Essa é uma formação teórica e prática e todos os professores já saem com um plano de ação para ser executado com os alunos nas escolas e nós estamos fazendo esse monitoramento e verificando que a ação está sendo realizada de forma correta”, disse ele.

 

Participaram da reunião a subsecretária de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, a chefe da Gerente de Tecnologia Educacional (GTE), Aldemira Câmara, a chefe da Divisão de Ensino Fundamental (DEF), Marcionília Bessa, além de coordenadores da Fundação Vitória Amazônica, que é a executora do projeto no município. Serão realizadas ainda outras formações, prevista para o mês de setembro.

 

O projeto

 

Mais de 63 mil alunos, do 1° ao 3° ano do Ensino Fundamental, da rede municipal serão beneficiados com o projeto, que acompanhará aproximadamente 700 educadores da rede municipal no desenvolvimento de conteúdos educativos digitais. A ação tem o objetivo de facilitar o acesso das crianças de áreas em vulnerabilidades sociais a uma educação mais inovadora.

 

Para a secretária Kátia Schweickardt, todas as formações realizadas pela fundação são uma contribuição para o crescimento do ensino e uma forma de se aproximar cada vez mais dos alunos do século 21.

 

“Essa primeira fase do projeto que está voltada para a formação dos professores é uma possibilidade muito grande de mexer com as mentalidades e esse é o nosso maior desafio, que é enfrentar a preparação para as competências e habilidades para o século 21. Precisamos auxiliar professores que ainda encontram alguma dificuldade em lidar com a tecnologia”, observou.

 

A secretária disse ainda que, hoje, os 219 Telecentros estão em mudança, recebendo profissionais capacitados para trabalhar, contribuindo com a aprendizagem dos alunos e que as formações do Projeto Profuturo vêm somar as ações, já executadas pela Secretaria, de aprimorar cada vez mais, não apenas o lado pedagógico, mas de pessoal da Semed.

 

Para a gerente de Tecnologia Educacional, Aldemira Câmara, os professores que participam das formações são multiplicadores de conhecimento nas escolas em que atuam. “O objetivo da secretaria é capacitar os professores com essas formações e que esse professor, na hora de um planejamento ou numa sessão de estudos, possa repassar o conhecimento já adquirido e mostrar aos colegas possibilidades do uso da tecnologia em diversos aspectos e projetos desenvolvidos na escola”, concluiu.

 

Fotos: Lton Santos / Semed

 

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHskYCsth4

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): (92) 3632-2054

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse