Notícias

Campanha de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes é lançada em Manaus

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta quinta-feira, 9/5, a campanha nacional “Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes da Violência Sexual”, que tem como objetivo chamar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes. Na capital amazonense, a abertura do evento foi realizada na escola municipal Maria Lira Pereira, Petrópolis, zona Sul.

 

Campanha de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes é lançada em Manaus

 

A campanha envolve todas as 496 unidades de ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e será coordenada pela Gerência de Atividades Complementares de Programas Especiais (Gacpe), que desenvolverá atividades de prevenção e enfrentamento de todas as formas de violência, em especial a sexual infantojuvenil.  A ação também vai alertar os mais de 245 mil alunos da rede municipal sobre as formas de violências que podem ser praticadas por pessoas próximas da vítima.

 

Na abertura do evento, alunos da educação infantil e do ensino fundamental apresentaram uma ação cultural sobre os direitos das crianças. A secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, falou da importância em orientar as crianças de que ninguém pode tocar no corpo delas e caso isso aconteça, elas devem comunicar imediatamente alguém da família.

 

“Não vamos conseguir mudar essa realidade se não promovermos cidadania, se não ensinarmos as crianças a conhecerem seu corpo, a saberem se alguém está falando com um pouquinho mais de intimidade do que deveria. Às vezes não é nem uma pessoa estranha, é gente próxima, é o primo, o irmão mais velho, é o vizinho, o tio, o avô, o padrasto, o pai”, pontuou.

 

A titular da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio, também destacou a importância do engajamento das escolas com um tema bastante grave. “É muito bom estar reunido com professores e alunos para falarmos de um assunto tão sério como a violência contra crianças e adolescentes. Ninguém tem o direito de roubar a infância de uma criança, por isso ações como essas são de extrema importância nas escolas”, comentou Conceição.

 

O evento contou também com a presença das juízas Rebeca Lima, titular do Juizado da Infância e Juventude, e Articlina Oliveira Guimarães, titular da 2ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam).

 

“Nos últimos anos, os casos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes aumentaram aproximadamente 18% no Amazonas, se falarmos de casos registrados como denúncias, fora os que ficam escondidos. Esse número parece baixo para quem não convive com essa violência, mas quando levamos em conta que esse número é contra a vida de uma criança, se torna lamentável. Que bom que a Prefeitura de Manaus tem essa preocupação em alertar os alunos e fazê-los entender que não estão sozinhos”, observou Rebeca.

 

Produção de desenho

O evento marcou ainda o lançamento do 1º Concurso de produção de desenho, cartaz, texto livre e vídeo, que este ano tem como tema “Qual a importância do 18 maio na luta contra situações de violência sexual contra crianças e adolescentes?”. Todos os alunos participarão de atividades, de acordo com a modalidade de ensino.

 

Texto: Érica Marinho / Semed

Foto: Cleomir Santos / Semed

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse