Notícias

Cadastradores do projeto Mapa de Manaus já estão nas ruas

As equipes de cadastradores do projeto Mapa de Manaus estão nas ruas do bairro Cidade Nova dando início ao processo de atualização cadastral dos proprietários da zona Norte da cidade. A área está inserida no setor 54, que também compreende os bairros Novo Aleixo, Nova Cidade e Cidade de Deus, por onde as equipes passarão posteriormente, buscando efetivar o cadastro de 30.513 imóveis.

 

Cadastradores do projeto Mapa de Manaus já estão nas ruas

 

As informações coletadas em campo serão inseridas em um banco de dados da Prefeitura de Manaus, com o intuito de garantir o crescimento ordenado do município e maior eficiência nos serviços prestados à população. Ao todo, 70 equipes de cadastradores atenderão nos próximos meses todas as zonas da capital.

 

“Começamos na última terça-feira, 13/8, a terceira etapa do projeto. Já finalizamos o levantamento aerofotogramétrico, disparamos a coleta do mapeamento móvel e iniciamos, efetivamente, as visitas porta a porta para a atualização cadastral. É muito importante que a população receba os cadastradores, para que possamos consolidar o fechamento da base de dados que a prefeitura necessita. A atualização é objetiva, levando no máximo de 5 a 10 minutos”, destacou Maicon Oliveira, gerente da Topocart, empresa contratada pela prefeitura para a execução do projeto.

 

O conjunto Renato Souza Pinto II, na Cidade Nova, é a primeira área a receber as equipes do Mapa de Manaus. Durante esta semana, 25 cadastradores estarão percorrendo as ruas, com a meta de atualizar, em média, 50 imóveis por dia, cada um.

 

Esses profissionais seguem, de porta em porta, uniformizados com colete, boné e crachá, mapeando todos os problemas para que a prefeitura busque as melhores soluções para cada localidade.  “O nosso foco é coletar informações multifinalitárias para o município. Nós queremos saber quem são os proprietários e tipo de imóvel em que residem. A partir disso, visitamos as casas solicitando dos moradores dados como nome completo, CPF, RG, e-mail, telefone, entre outros. Vale destacar que o nosso trabalho é de levantamento de dados”, explicou o cadastrador coordenador da área, Roberto Campos.

 

A pensionista Maria de Lourdes Rosane, 62, mora no conjunto Renato Souza Pinto há mais de 40 anos. Ela, que já recebeu os cadastradores em sua casa, acredita que a colaboração da população nessa iniciativa é de grande importância para que Manaus alcance a evolução merecida. “Eu espero que esse mapeamento e esses dados que estão pedindo tragam muitos benefícios para o meu bairro, para nossa cidade e, principalmente, para quem necessita. Se Deus quiser tudo vai melhorar”, comentou a idosa.

 

Outro morador da área, Márcio Tavares, 31, destaca que o mapeamento das ruas da cidade é a maneira mais fácil de identificar os locais que precisam de reforço. “A Prefeitura de Manaus está de parabéns. Com esse trabalho, os moradores ganham voz passando aos cadastradores as dificuldades de cada bairro”, disse o serralheiro.

 

Particularidades

Os imóveis que estiverem fechados ao longo da etapa de atualização cadastral estarão recebendo uma notificação de comparecimento da equipe do Mapa de Manaus na residência. Os cadastradores visitarão a mesma casa mais de duas vezes, com o intuito de finalizar o processo na área.

 

Em caso de imóveis alugados, as informações exigidas devem ser do proprietário. Já os que estão à venda, os dados também serão do atual proprietário, sofrendo atualização cadastral automática assim que for repassado para o novo dono.

 

Mapa de Manaus

O Mapa de Manaus será realizado pela Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), em três etapas: levantamento aerofotogramétrico, mapeamento móvel e atualização cadastral em campo.

 

“O projeto faz parte do programa Cidade Inteligente. É um projeto de 18 meses que vamos buscar entregar para Manaus até outubro do ano que vem e que vai beneficiar toda a cidade, todas as áreas de planejamento da prefeitura, áreas finalísticas de educação, saúde e obras. Serão informações georreferenciadas que nós vamos disponibilizar e também devemos fazer termos de parcerias para trocar informações com universidades, institutos de pesquisas, tanto do governo federal, quanto estadual”, informou o secretário da Semef, Lourival Praia.

 

Mais informações ou dúvidas, os interessados podem entrar em contato pela Central do Manaus Atende no número 156, pelo Whatsapp (92) 9408-0156 ou no site www.mapademanaus.com.

 

Texto – Bruna Greco / Semcom

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse