Notícias

Blitz da Prefeitura intercepta descarte ilegal de resíduos

Vinte e um veículos foram fiscalizados nesta sexta-feira, 10/11, durante blitz da Prefeitura de Manaus ocorrida na avenida Norte e Sul, no Distrito Industrial 2, contra o descarte irregular de resíduos. A operação, que contou com a participação das Secretarias de Limpeza Urbana (Semulsp), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Manaustrans e Polícia Militar, reforça as ações de combate à formação de lixeiras viciadas e clandestinas na capital.

 

O local da operação foi escolhido pela Semulsp por conta da grande quantidade de ocorrências registradas na área. “Nessa região do Distrito Industrial, Armando Mendes e Puraquequara já foram detectados muitos pontos de acúmulo irregular de lixo e até mesmo lixeiras clandestinas. Essa operação pretende interceptar o descarte e punir os responsáveis”, informou o subsecretário operacional da Semulsp, José Rebouças, no comando da ação.

 

Durante a operação, os órgãos fiscalizaram documentação do veículo e do condutor; licença de transporte e descarte e certificado de origem dos resíduos. Do total de veículos abordados, dezessete estavam com, pelo menos, uma irregularidade. “Aqui nosso papel é observar o tipo de resíduo e o licenciamento para transporte e disposição final. Temos a responsabilidade de impedir que esses resíduos sejam agentes poluentes do nosso ambiente”, disse o fiscal da Semmas, Armando Andrade. O órgão efetuou seis Autos de Infração e quatro apreensões de caçambas.

 

A Polícia Militar apoiou a ação com fiscalização dos veículos e condutores, registrando 10 notificações por ausência de habilitação, licença vencida ou ausente e mal estado de conservação dos carros.

 

Para o subsecretário da Semulsp, José Rebouças, ações como essa dão mais força e credibilidade ao combate às lixeiras viciadas. “É uma determinação permanente do prefeito Arthur Virgílio Neto que combatamos esse problema. Dessa vez, o foco é nas empresas que se utilizam desse procedimento para descartar seus resíduos”.

 

Ele alertou ainda que as empresas devem se certificar de que o serviço contratado para descarte de resíduos está dentro da lei e com licenciamento em dia. “Muitas empresas contratam o serviço e não observam se estão sendo cumpridas as normas. Precisam acompanhar suas cargas até o descarte final. Todos têm responsabilidades com o lixo”.

 

Combate a lixeiras viciadas

Desde o início do ano, 75 ações de limpeza de lixeiras viciadas foram realizadas pela Semulsp, com 20 novos jardins implantados no lugar dos pontos de lixo. Além de limpar as áreas, a Semulsp também realiza ações, como conscientização, implantação de lixeiras comunitárias e instalação de placas educativas.

 

Fotos: D’Castro / Semulsp

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsmaSfeAd

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp): (92) 3216-8014

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse