Notícias

Alunos de escola municipal recebem orientação sobre uso da internet de forma segura

Buscando orientar os alunos quanto aos perigos que podem existir no uso das redes sociais, se não usadas adequadamente, a Escola Municipal Lírio do Vale, localizada no bairro de mesmo nome, zona Oeste de Manaus, aceitou o convite do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) para participar de uma atividade de orientação sobre os riscos existentes na internet e como tornar o espaço virtual mais seguro para as crianças.

 

A iniciativa teve como motivação o Dia da Internet Segura, criado pela Rede Insafe, e cuja data foi nesta terça-feira, 7. A Rede agrupa as organizações que trabalham na promoção do uso consciente da Internet nos países da União Europeia há 12 anos e está no Brasil há 10 anos por meio da Safernet Brasil.

 

Durante a atividade, que reuniu alunos do 4º ao 9º, as crianças receberam orientações sobre cuidados ao compartilhar fotos, informações pessoais e ao adicionar desconhecidos em redes sociais e aplicativos de mensagem. Também foram orientados a evitar acessar conteúdos impróprios para a faixa-etária deles. Após as orientações, as crianças foram divididas em grupos, onde desenvolveram conteúdos como vídeos, desenhos e redações voltadas ao tema.

 

Gestor da unidade de ensino, Cristiano da Silva Vasconcelos afirmou que assim que foram convidados, decidiram aderir à ideia por entenderem que o tema é bastante presente no dia a dia da escola. “As crianças usam celular, internet e facebook o tempo todo. Então achamos interessante participar. Todos nossos professores também aderiram à iniciativa”.

 

Aluno do 7º ano Romel Santos Nogueira, 13, foi um dos que recebeu orientações. Ele falou sobre o que aprendeu durante as atividades. “Aprendi que precisamos ter cuidado para não nos prejudicarmos e também não prejudicarmos os outros. A ter cuidado em não enviar fotos nossas, a não adicionar quem a gente não conhece”.

 

Ivana Costa, assessora de Tecnologia da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Oeste, explicou que a DDZ foi procurada pelo MPF-AM e prontamente decidiu participar do programa, assim como toda a unidade de ensino.

 

“A ideia é mesmo alertar essas crianças dos perigos de compartilhar fotos e informações pessoais nas redes sociais. Após a produção desses materiais, eles vão apresentar os resultados uns para os outros, socializando o que aprenderam”, informou.

 

Texto: Martha Bernardo

Fotos: Karla Vieira/Semcom

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHskNwt7X3

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse