Notícias

Alunos da rede municipal participam da Jornada da Justiça e Cidadania

Mais de 300 alunos da Escola Municipal Elvira Borges, na Compensa, zona Oeste, participaram de um ciclo de palestras e brincadeiras, na manhã desta terça-feira 29/8. A ação ‘Jornada de Justiça e Cidadania’ foi idealizada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (Coij).

 

A atividade, que trabalha de forma dinâmica temas atuais da sociedade, foi realizada em parceria com órgãos municipais e estaduais que atuam em parceria com a Vara de Infância e Juventude. Além da Secretaria Municipal de Educação (Semed), estiveram presentes a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), a Defesa Civil do Amazonas, Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) e Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania Cível (Cejusc).

 

Outras cinco escolas municipais da Semed receberão a visita desta caravana, que tem como objetivo aproximar os serviços de justiça, saúde e habitação ao público-alvo, que são crianças e adolescentes. “Nesta ação, vários temas são trabalhados, e isso vai dar autonomia às crianças e adolescentes, para que eles exerçam de forma consciente a sua cidadania”, avaliou a pedagoga da Coij, Fernanda Pereira.

 

A Fundação Cecon realizou brincadeiras e palestras com alunos, orientando sobre o perigo do tabagismo no organismo, que podem originar vários tipos de doenças que levam à morte. Para a coordenadora da FCecon, Marília Muniz, a ação vem conciliar com o Dia Nacional de Combate ao Tabagismo. “A incidência de mortalidade por câncer e todas as doenças causadas pelo tabagismo só vai diminuir por meio da educação, orientando as crianças e adolescentes sobre os riscos das doenças causadas pelo cigarro, que infelizmente é uma droga lícita, observou.

 

A aluna, Vitória Guimarães, 10, do 5º ano, não fazia ideia do perigo que o cigarro faz a saúde e gostou bastante das atividades desenvolvidas pela equipe. “Com o pulmão saudável a gente consegue encher balão e correr sem passar mal. A pessoa que fuma não consegue fazer essas atividades, então é bem melhor praticar atividade ao invés de fumar”, concluiu a aluna.

 

Influência

Já o Programa de Redução da Violência, do uso de Narcóticos e Entorpecentes (Previne) da SSP, alertou os alunos sobre o uso indevido de drogas e a consequência de se tornar um dependente químico. “Nós precisamos esclarecer aos nossos alunos as consequências do uso da droga e não somente das consideradas lícitas, mas também das consideradas legais e que acabam levando à destruição familiar. Então precisamos orientar as crianças para que elas levem isso para dentro de casa. A droga está destruindo a família e nós estamos aqui para lutar contra essa realidade”, disse a gestora do Previne, Edmeia Holanda.

 

A assessora pedagógica da Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed, Eliana Hayden, esteve presente na ação e falou da importância de debater na escola assuntos que muitas vezes são evitados dentro de casa, mas que são de extrema importância. “Oferecer o conhecimento aos nossos alunos é evitar que no futuro eles tenham uma série de situações negativas na vida”, pontuou.

 

Texto: Érica Marinho / Semed

Fotos: Lton santos/ Semed

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsm7zxoEX

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): (92) 3632-2054

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse