Notícias

Ações preventivas em igarapés continuam para evitar alagamentos

Mesmo com a diminuição das chuvas, a Prefeitura de Manaus continua atuando em diversas frentes de obras na dragagem e desassoreando do leito de igarapés em áreas com maiores riscos de alagamentos na capital. Somente nesta semana, equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) trabalham simultaneamente em quatro pontos, onde mais de 8,5 quilômetros de igarapés serão dragados.

 

07.08.2019 Drenagem no leito dos igarapés

 

A medida preventiva é para evitar que, em períodos de chuva forte, áreas próximas ao leito dos rios sejam alagadas. Uma das ações ocorre na rua Barão do Rio Branco, no bairro Parque das Nações, zona Centro-Sul, onde mais de um quilômetro do igarapé está recebendo revitalização. Os trabalhos devem se estender até a ponte que cruza a avenida Professor Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras.

 

De acordo com o coordenador do setor de drenagem e dragagem da Seminf, Ednaldo Ferreira, esse tipo de serviço é muito útil, pois em períodos de chuvas intensas os alagamentos provocados pelo transbordamento dos igarapés geram muitos transtornos. “As obras de dragagens são muito importante. É um trabalho contínuo e essencial para que se melhore a vida das pessoas que moram às margens dos igarapés”, disse.

 

Outro ponto que recebe serviços é o igarapé que passa na avenida G, na comunidade Campo Dourado, no bairro Cidade Nova, zona Norte, onde 1,5 quilômetro de igarapé já começou a ser recuperado. Trabalho semelhante também ocorre na comunidade Santa Cruz, na avenida Torquato Tapajós, onde dois quilômetros de igarapé recebem manutenção.

 

Uma das maiores frentes ocorre no conjunto Jardim Primavera, no Parque Dez, zona Centro-Sul. Ao todo, 4,5 quilômetros estão sendo sanados e a medida irá se estender até o bairro do Coroado, na zona Leste.

 

“Nossa cidade é cortada por igarapés e estamos levando esse serviço a pontos que foram mapeados pela nossa equipe como áreas críticas. É um trabalho contínuo, conforme determinou o prefeito Arthur Virgílio Neto. É importante ressaltarmos que a população precisa ser nossa principal aliada nesse trabalho, evitando construir moradias em leito de igarapés e, principalmente, não jogando lixo no rio”, ressaltou Ednaldo Ferreira.

 

Reaproveitamento

Todo material retirado nos igarapés está recebendo descarte correto por parte da Prefeitura de Manaus. O lixo doméstico é encaminhado para o setor de reciclagem e a areia retirada do leito é levada para Seminf, onde é reaproveitada em outras obras.

 

Texto – Isabella Siqueira / Seminf

Fotos – Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmFUJ8en

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse