Notícias

Ação de sensibilização ambiental no Centro de Manaus alerta sobre poluição sonora

Uma grande ação de sensibilização contra a poluição sonora no Centro Histórico de Manaus está programada para a próxima terça-feira, 19/12, a partir das 10h. De iniciativa da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), a atividade tem como público-alvo os lojistas e os consumidores.

O aumento de denúncias de poluição sonora causada pelas lojas, nesta época do ano, e a necessidade de uma estratégia de sensibilização desses estabelecimentos levou o órgão a tomar a decisão de, inicialmente, promover a ação educativa para depois, sim, iniciar operações repressivas na área.

No último dia 6/12, representantes da Diretoria de Fiscalização da Semmas estiveram reunidos com os membros do Conselho Diretor da Associação Comercial do Amazonas (ACA). Na oportunidade, o diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Gonçalves, destacou a necessidade do disciplinamento e a parceria dos lojistas para dar uma solução ao problema.

A participação do órgão na reunião aconteceu a pedido do secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior, atendendo orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto. Os lojistas lembraram que há, na região do Centro, outros agentes causadores de barulho, a exemplo de ambulantes, veículos de propaganda volante, e a disputa pela clientela leva as lojas a optarem pelo uso de equipamentos sonoros.

“A orientação será feita no sentido de tentar sensibilizar lojistas e também os clientes, uma vez que já foram realizadas diversas ações de fiscalização e o cenário continua problemático, se agravando agora em função do período de compras de Natal”, afirmou o secretário Antonio Nelson.

A ação deverá integrar dois setores da Semmas – a Diretoria de Fiscalização e a Divisão de Educação Ambiental (Diea). A ideia é que sejam feitas abordagens para distribuição de material informativo sobre poluição sonora e uma orientação aos gerentes dos estabelecimentos visitados explicando o objetivo do contato e alertando sobre a proibição do uso de equipamentos amplificadores de som na frente das lojas.

“O objetivo é lembrá-los que não é possível desenvolver a atividade deles daquela forma, além do contato direto com o público para divulgar que esse tipo de prática é crime e pode ser denunciado”, explicou Eneas Gonçalves.

O chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, considera positiva a ação de sensibilização. “Nós precisamos sempre estar conversando com a população sobre o respeito ao direito do outro e, no caso da poluição sonora, o princípio é o do respeito ao próximo. A educação ambiental é um instrumento importante desde que seja permanente”, afirmou Araújo, lembrando que a Diea já atua, na área do Centro, fazendo a sensibilização da população com o trabalho de manejo fitossanitário das árvores.

— — —

Texto: Divulgação / Semmas

Fotos: Divulgação / Semmas

Disponíveis em:  https://flic.kr/s/aHsm9sWbx6

— — —

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas)

3236-6684/98842-1243

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse