Notícias

Aberta exposição arqueológica na Oca do Conhecimento Ambiental do Cigs

ocaconhecimento (2)

 

A Exposição Artefatos Arqueológicos que está na Oca do Conhecimento Ambiental do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), localizada na avenida São Jorge, zona Oeste, iniciou na última terça-feira, 03, e estará disponível para visita da comunidade até o dia 31 deste mês, de terça a sexta-feira, no horário das 9h às 17h, e durante os finais de semana, das 9h às 18h.

 

O evento é o resultado da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio das Ocas do Conhecimento Ambiental, com o projeto Zona Leste – Cultura e Arqueologia do Museu Amazônico, vinculado a Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

 

Na oportunidade, os visitantes poderão ver de perto peças inteiras e fragmentos cerâmicos, além de artefatos líticos, divididas entre peças de atividades cotidianas, como lâminas de machado e torradores para assar beiju e peças de ritual, como urnas funerárias.

 

Segundo a coordenadora das Ocas do Conhecimento Ambiental, Gina Gama, a participação da rede municipal de ensino partiu do convite do presidente do Ministério Público Federal (MPF-AM), Rafael da Silva Rocha, ao destacar a importância do projeto da Zona Leste em conformidade com o trabalho realizado no município de Manaus sobre a questão ambiental.

 

“Em fevereiro, a coordenação das Ocas foi convidada para conhecer o projeto Zona Leste. Nessa exposição, foi definido algumas ações para serem implementadas em nossa rede, como visitas das escolas municipais ao Centro de Projetos e Estudos Ambientais do Amazonas, palestras com nossos alunos do Projovem e a exposição de artefatos arqueológicos, em que a população vai conhecer um pouco da nossa história e dos povos indígenas”, destacou.

 

Um dos membros do projeto Zona Leste, o arqueólogo Nogueira Almeida, disse que a exposição é importante para mostrar a história da região amazônica à rede municipal de ensino como ponto de visita para conhecimento e aprendizado.

 

“Quando as pessoas vêm visitar o zoológico do Cigs, eles conhecem um pouco da floresta, mas esquecem de que ela é habitada por pessoas. Esse trabalho só vem a somar com trabalho da Semed nessa parceria com Cigs. Isso também faz com que os alunos comecem a refletir sobre o nosso passado indígena. Costumo ministrar palestras em escolas da Semed e Seduc na zona Leste, mas percebo que a garotada desconhece sobre a história do povo que já habitou no passado”, salientou.

 

Ações

A parceria das Ocas do Conhecimento Ambiental com projeto Zona Leste – Cultura e Arqueologia proporcionou as três Ocas e as escolas municipais João Paulo II e Emanuel Rebelo, da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural, uma visita ao Sítio Arqueológico Daisaku Ikeda do Centro de Projetos e Estudos Ambientais do Amazonas (Cepeam), beneficiando lazer e conhecimento a cerca de 200 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

 

Além disso, foram realizadas palestras com professores do curso de arqueologia da Ufam em quatro escolas da rede, que atendem alunos do Projovem.

 

Texto: Paulo Rogério

Fotos: Assessoria/Semed

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse